quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Doenças em Peixes Ornamentais


(imagens retiradas da internet com intuito de esclarecimento, sem fins lucrativos ou obter vantagens)

Doenças
Como todos os animais de estimação, os peixes também ficam doentes. Podemos evitar essas doenças tomando algumas precauções, com as TPA´S nos períodos corretos, evitando mudanças bruscas de ph e temperatura, além de evitar o estresse dos moradores do aqua, (um elemento fundamental para a prevenção).
Existem diversos tipos de doenças, algumas comuns, outras nem tanto, dentre as mais conhecidas podemos citar o Íctio, a Hidropsia, fungos, dentre outras que iremos abordar neste artigo. Uma observação, gostaria de deixar bem claro que sou contra o uso de qualquer produto químico dentro do aquário, acho que eles só devem ser usados em último caso, por isso vou passar métodos de tratamento mostrando o lado natural de cura e em alguns casos o químico, OK!!!!


ÍCTIO
Para mim o íctio, é a doença mais conhecida e que mais atinge os aquaristas iniciantes. Ela é causada pelas oscilações de temperatura, estresse, baixa imunidade do peixe e consiste em pontos brancos no corpo do animal, além de nadadeiras fechadas. Um sintoma claro é quando o peixe começa a se esfregar no substrato ou pedras. É uma doença que pode ser controlada facilmente, acrescente uma colher de sal grosso para cada 15 Litros e aumente a temperatura para 30º, dentro de 10 dias seu peixe estará curado. Existem remédios específicos para o ícito vendido em lojas especializadas, mas como já falei anteriormente, só recomendo em casos extremos.
ATENÇÃO, o sal grosso é um ótimo remédio para a maioria das doenças, mas pode prejudicar alguns peixes, como Corydoras e Cascudos “Limpa-Vidro”, por isso cuidado!!!!

HIDROPSIA
A Hidropsia ou doença do ventre volumoso, é causada por bactérias(Aeromonas Punctatos) que atacam os órgãos internos e os paralisam. O abdomem do peixe incha, ele para de se alimentar, as escamas ficam eriçadas, aparecem algumas manchas pelo corpo e o animal nada em círculos. È uma doença de difícil cura, pois não existe um medicamento específico, recomendo fazer trocas parciais e colocar o peixe em um aquário hospital,(aquário de 15 litros onde você coloca peixes para tratamento), além de aplicar sal(1 colher de sopa para cada 15 litros).

FUNGOS
Com certeza são os maiores causadores de doença em peixes ornamentais, aparecem na forma de manchas ou em tufos semelhantes a algodão. Surgem por estresse, feridas, elementos infectados colocados no aquário e por peixes já debilitados. A cura pode ser feita através de TPA´S e fungicidas encontrado no mercado, o sal ajuda também.

ÁGUA MUITO ÁCIDA
Nadadeiras fechadas, depósitos de cor cinza nas brânquias, aumento da frequência respiratória, escamas eriçadas, natação irregular, tremores, estas são as característica de um peixe que está sendo afetado pela acidez da água. Normalmente acontece quando não respeitamos as exigências de cada animal, como exemplo colocando um peixe alcalino em uma água ácida. A solução é aumentar o ph com tamponadores ou conhas moídas, pedras calcáreas, de maneira lenta claro, pois alterações bruscas matam.

ÁGUA MUITO ALCALINA
Perda de brilho nas escamas, respiração ofegante junta a superfície, perda de escamas, esses são sintomas de um peixe em exposição a excesso de alcalinidade. Verifique o pH, e baixe-o com tamponadores, troncos, xaxim, também de forma lenta.ATENÇÃO, toda a alteração de ph deve ser feita de 4 em 4 horas, nunca em intervalos menores.

TUBERCULOSE
A tuberculose se encaixa na parte de doenças graves, ela devasta um aquário se não identificada no começo.É conhecida como “Barriga-Seca”, pois o peixe fica magro, com o abdômen retraído, não se alimenta direito, as nadadeiras ficam destruídas, a coluna se deforma, o peixe nada desequilibrado. Não possui cura, o melhor a fazer é sacrificar o animal o quanto antes e fazer uma TPA no aqua, junto com sal, pois é uma doença que se espalha rápido e facilmente.

COSTIA
A Costia tem como sintomas a falta de apetite, manchas esbranquiçadas, produção excessiva de muco e ramificações avermelhadas nas nadadeiras, é causada pelos protozoários Ichthyobodo sp. (Costia sp.), Chilodonella sp., Cylochaeta sp. e Brooklynella sp. Ela atinge as guelras causando a morte do peixe e surge na maioria das vezes por queda de temperatura na água. Deve-se fazer a TPA, usar sal ou parasiticida de ação rápida.

OLHOS INCHADOS (pop-eye)
Os olhos ficam saltados, bem inchados, podem ser causado por bactérias (tuberculose e hidropsia), por fungo (Ichthyosporidium) ou por vermes, podem ainda apresentar a barriga inchada e as nadadeiras roídas. O tratamento consiste em aplicar um parasiticida de ação rápida associado com um antibiótico.

BURACO NA CABEÇA (HOLE IN HEAD)
É também conhecida como doença dos Ciclídeos, ataca principalmente os Acarás. Ela ataca os órgãos internos do animal, causando danos irreversíveis, ainda aparecem pequenos buracos na cabeça e corpo do animal, não possui um grau elevado de contaminação, é causado pelo protozoário Hexamita sp. O tratamento pode ser feito com medicamentos a base de Dimetridazole e Metronidazole, além de rações medicadas.

OODINIOSE (Oodinium pillularis)
O Oodium cria uma camada brilhante nas escamas e nadadeiras, como se fosse um veludo, variando do amarelado ao dourado, o peixe perde o apetite e fica com a respiração acelerada. Pode devastar o aquário em algumas horas, por isso, o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível, deve-se elevar a temperatura do aquário por alguns dias e usar uma combinação de fungicidas e parasiticidas.


FUNGO NA BOCA (COTTON MOUTH)
É causada pela ação da bactéria Flexibacter columaris. Possuí como característica a presença de pequenos filamentos ou tufos de algodão formando uma grossa camada ao redor da boca. É comum a ocorrência simultânea de fungos. O tratamento pode ser feito com TPA´S, sal grosso e fungicidas.
Bom, essas são as doenças mais conhecidas dos peixes ornamentais, como já disse antes, você pode evitá-las mantendo o aquário da forma correta, evitar grandes alterações de temperatura e ph, fazendo as TPA´S no tempo certo, evitar estressar os animais e comprando peixes saudáveis, qualquer dúvida, escreva nos comentários. Até mais!!!!
Postar um comentário